6.3.08

DELICADEZA Foto: Martha Frigini

No jogo que se estabelece na luta pelo poder, por vezes, força se confunde com truculência e sensibilidade demonstra fraqueza. Há lugar, nesse jogo, para a delicadeza?

18 comentários:

Moacy Cirne disse...

"Há que endurecer, mas sem perder a ternura jamais", já dizia Che. Pois é... Um beijo.

Wellington Felix disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wellington Felix disse...

Sua delicadeza sempre sera bem vinda, no meu coração, você nem imagina a força da sua passagem por nossas vidas em forma de comentários e interferencias poéticas.
Toda a Luz
Toda a Paz
para pessoas que como voce, fazem a diferença, sem saber

Adriano Caroso disse...

Sempre há lugar para delicadezas. Seu blog é uma prova disso. E Clarice, sem comentários, está sempre certa!

Germano V. Xavier disse...

Terá resposta esta pergunta?
Quem se habilita?

Beijos!!!
Aparece...

Germano

Mary disse...

Há uma tênue linha entre a sensibilidade e a dor... Mas quem conhece a linha sabe evitar a dor exatamente sendo sensível.

Lida questão. Levantada por quem tem a delicadeza de sentir.

Luci disse...

De alguma forma, sempre há. Mesmo que nao seja visível.

*andorinharos@ disse...

Creio que, no percuso que se travam lutas em que o objetivo seja o poder, a delicadeza se confundirá por fraqueza, embora, toda e melhor estratégia,dependem do bom uso dela!
beijok e muito grata pela brisa suave que deixas quando me visitas!
Marisa Rosa.

Carol Barcellos disse...

Há lugar para a delicadeza, sim, a pena vence a espada muitas vezes. E a língua suave pode quebrar um osso.
Amei a imagem da rosa, está linda!

Beijinhos doces cristalizados!!! :o)

Alice disse...

Lindo. E delicadeza é um nome que há muito não ouço. Só o encontro em livros e agora encontrei aqui. Espero que sempre haja lugar para essa palavra tomar vida.

Mais bjs...

Friendlyone disse...

Sim, há. Aliás a delicadeza ganha muito esse jogo. Depende somente da forma como ela é usada.

Nanda Nascimento disse...

Delicadeza , sutileza?

Sei não...

Espero que sim!!

Beijos dálias!!

Lunna Montez'zinny disse...

Acho que depende muito de nós, de uma pausa, de uma respiração. De um pouco de lucidez... Sempre.
Beijos e bom fim de semana com muita suavidade e delicadez. Beijos

APPedrosa disse...

Sempre há, tem que haver. Força com sensibilidade seria uma boa combinação, não?

Eu-lirico disse...

Belíssimo blog. Força e delicadeza florescendo nessa page.
Abraçamigo
Eurico

Educadora em Direitos Humanos disse...

Querida Jacinta, irmã das letras: passei por aqui pra agradecer a sua visita ao meu blog e a delicadeza de suas palavras. Em troca de tanta amabilidade abrirei um link pra sua página Florescer, na coluna Cumplicidades no Blog www.ggrauna.blogspot.com

Sempre pro que der e vier, com abraçares da Vovó Pássaro.

nuvem disse...

Excelente. Um pensamento inteligente descrito de uma forma muito bela.

Beijos

eder ribeiro disse...

sempre haverá qdo houver uma mulher existindo sobre a face da terra. bjos e agradecimento pela visita.