19.11.08

Lá fora,

a tempestade

Alagando a rua

obstruindo as vias - queimando a voz

presa na dor de não falar

Aqui dentro

escurece...

congestiona o peito

12 comentários:

Pavón disse...

As vezes nos sentimos assim, sem ar, ruas alagadas, queimando, sem voz, sem ar, sem...
Quase uma gripe sem tosses, espirros, apenas a falta que abate nosso peito...

beijos

PS. O pior de tudo, Vick nao resolve...rs

Thyago David. disse...

é.. as vezes o que acontece lá fora é bem diferente do que se passa aqui dentro.
Ás vezes quente, as vezes frio.


ps: Ow.. que bom que gostou do meus espaço, pode ter certeza que passarei sempre por aqui .. ;]
Posso te lincar?!
Beijos.

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi, Jacinta!

Uma palavra: coragem!

Um desejo: que o temporal caia!

Um abraço!!!

Aline Christall disse...

...meu peito apertou com essa tempestade...

loba disse...

Mas há sempre sol após a tempestade!

Invejo muitas coisas em muitas gentes (putz, sou uma invejosa!!! rs...) Em vc invejo algumas coisas. Mas todo dia que venho aqui, penso: pq não posso escrever ser assim tão intensa sem gastar um montão de palavras? rs... É que sou prolixa até comigo mesma! rs...
Beijo querida!

João da Silva disse...

Que forte e linda esta postagem, minha querida! Quem foi que disse que é necessário escrever muitas palavras, para que se diga tudo?
Tudo!
Beijos carinhosos do JOão!

Círculo Literário disse...

Belas palavras!!!
As vezes o grito não sai e como dói o eco dele no peito!!!!
O círculo agradece sua visita!!!
"A Vida é um Combate que aos fracos abate e aos fortes conduz..."

Tatiana disse...

As vezes tudo parece assim...
Nossas emoções falam por nós!
São a mais pura expressão da alma!
*
*
Mas passa...Tudo passa!

Beijos com meu carinho

LOURO disse...

Olá Amiga Jacinta, palavras sentidas...Gostei !!!
Beijinhos de carinho,
Lourenço

JOICE WORM disse...

Então tem que deixar sair...

CRIS disse...

Oi, querida Jacinta...

Voltando , aos poucos...
Como sempre, intensa , pontual. Adoro. Agora é chorar e descongestionar esse peito para acomodar melhor o afeto.

beijo, linda.

tossan disse...

É o coração sufocado pedindo socorro! bj