8.4.12

(RE)SUSCITAR



Na escura madrugada, uma, duas, dez, cem...muitas luzes, pequenas chamas surgindo de vários pontos vão, aos poucos, rompendo o silêncio da noite de vigília e  espera. Então, surge a Luz – do Novo Fogo – iluminando a multidão às 05 da manhã. E, nesse novo dia, o encontro se faz entre gente e nascer do sol: O sol que brilha para todos os povos, em especial nessa data em que por força do calendário celebra-se no mesmo dia,  os jeitos diferentes de relembrar e acolher a travessia; um prenúncio de ver suscitar  nos corações a percepção de que a vida clama por vida em todo lugar onde vive gente que sabe ser e  quer ser Gente.
...

Na Alegria, entoada em cantos e vivas ao Ressuscitado, vou escutando no olhar de um para o outro, a identificação de busca pelo entendimento de si nas mudanças que se impõem em cada nascimento.


E, mais uma vez, Nasço, renovando sonhos de ser agente transformador da crueza da vida. Renasço, partícipe do movimento de fazer “morrer a morte” e  nascer a Vida que em mim pulsa no suscitar e no ressuscitar da esperança. É PÁSCOA. 


JacintaDantas

7 comentários:

Dauri Batisti disse...

, fazer o caminho das luzes, ou o caminho da madrugada, ou o caminho para o sol nascente torna-se aqui, também, um caminho com as palavras, com os arranjos dos sentimentos, com a busca de sentido, com a renovação das forças e dos propósitos de se viver em bondade, em delicadezas, em suavidades, em justas medidas, solidariedade, sim, há beleza nisso, há beleza nos passos, há beleza no olho ávido de luz, sigamos, sigamos, dias melhores se abrem já agora na celebração, planta a esperança sua poesia em nós,

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Passo pra saber de vc e tomara que esteja bem junto aos seus queridos!!!
Também pra felicitar-lhe pela Pascoela no dia de hoje...
Bjm de paz e pascal

Francisco Sobreira disse...

Sem precisar dizer que gostei do texto, eis como o interpretei:
a alegria das pessoas pelo lvorecer de um novo dia não tem a ver (ou não tem só a ver) com o fato de, "por força do calendário", a data se dar na celebração da ressureição de Cristo; mas porque essa alegria, e até a felicidade, ser manifestada pela chegada de um n ovo dia. Afinal, apesar dos aborrecimentos e problemas cotidianos, é bom estar-se vivo.

Um grande abraço, Francisco.

Jota Effe Esse disse...

A Páscoa, representando o Renascimento, só pode ser um momento de alegria despontando em todos os que dela participam. Meu abraço.

Osvaldo disse...

Jacinta;
"morrer a morte" é um complemento de frase fortissimo porque seria atingir o cume do desejo humano que é a vida eterna terrena, quando esse vida eterna sempre existiu mas celeste.
Lindissima crónica de Páscoa que define como a vida vence sempre a morte através da ressurreição de Cristo.
Beijinhos para ti e um abração para Vila Velha.

Claudinha ੴ disse...

Olá Jacinta!
Um dos melhores textos sobre Páscoa que li neste ano! Feliz Páscoa todo dia, porque renascer sempre é fundamental!
Beijos!

Giovanna Valfré disse...

Oi Jacinta, o Celso, meu primo e marido da Virgínia, minha cunhada faleceu na quarta feira. Uma situação muito difícil. Bjs