27.2.08

CHUVA DE LÁGRIMAS E DE PALAVRAS


No mesmo tempo e no mesmo compasso
se confirma a previsão:
80milímetros inundam o caminho assoreado, enquanto,
na lentidão dos passos, transbordam promessas,
e vidas são envolvidas em
Chuva de lágrimas e de palavras

17 comentários:

wakko disse...

Suas poesias são lindas! Parabéns!

Friendlyone disse...

A força das palavras é maior que a da chuva... Por isso, a necessidade de serem bem usadas... Até mesmo nas promessas!

cafe pequeno disse...

bela poesia.
Voltou a trabalhar já? segudna feira retorno as aulas como aluno e como professor... já estava com saudades da rotina escolar,a té material tive que comprar... rsrs
inté

cafe pequeno disse...

bela poesia.
Voltou a trabalhar já? segudna feira retorno as aulas como aluno e como professor... já estava com saudades da rotina escolar,a té material tive que comprar... rsrs
inté

Alex Sens disse...

Você sempre cheia de imagens. Não é fácil decifrar o que se passa, mas é sempre bom.

Beijos!

Girassol disse...

Palavras que nos tocam e nos envolvem...

Beijo.

Francisco Sobreira disse...

Jacinta,
Vendo você falar de chuva , fico "rezando" para que ela passe por aqui. Você não imagina o calorzão que tem feito na minha cidade nos últimos dias. Um grande abraço e obrigado mais uma vez por suas palavras amáveis e generosas quando visita o meu blogue.

Nanda Nascimento disse...

Esse conjunto de emoções quando revelados simultâneamente, enchem todo nosso ser de lágrimas!!!

Beijos e flores!!

Friendlyone disse...

Jacinta,

Te sinto amiga.

Beijos e obrigada sempre por tão encorajadores elogios!

Beijos.

Fernando Rozano disse...

"...na lentidão dos passos, transbordam promessas...", bela passagem, belíssima imagem. obrigado pela visita/comentário. estarei aqui mais vezes. gostei muito da densidade do blog. abraços.

"Luc's! - c#Oca disse...

Ainda a chuva passa. O tempo seca, e o sol sempre renasce. Ainda bem.

--
obrigado pela visita no Oca e volta sempre.

Luci disse...

Primeiro, obrigada por visitar meu espaço... Uma honra receber seu comentário: obrigada pelas palavras. Também gostei daqui, belos textos, lindas imagens.
E adoro a chuva!
Vou voltar!
Bjo!

Moacy Cirne disse...

chuvas de lágrimas, sentimentos e palvras: assim somos, quando somos, abraços.

Alice disse...

Chuva da palavras sempre. Amo a chuva, mesmo em dias tristes.

Bjs...

Um prazer ler seu blog.

Lúcia Elena disse...

Jacinta,
Sempre bem vinda a chuva! Mas depois dela almejamos o sol. Assim são as palavras,se mal dizemos sempre podemos bem dizer após. Depende do nosso querer. São as forças antagônicas da vida. Que possamos sempre nos bem dizer!!
Um bjo,
Lúcia Elena

Lunna Montez'zinny disse...

As coisas passam por nós e as imagens se definem porque somos assim, uam combinação menos lúcida e uma descrição insensata.

Madalena Barranco disse...

Que lindo, Jacinta, a água que faz a vida navegar, toma conta de sue poema! Beijos.