3.10.08

AQUEÇO-ME

Embora o medo persista, não desisto. Experimento o olhar, arrisco um toque, vejo-me gente na gente que passa, ganhando e perdendo no jogo do viver. Gente que vai e que vem ou gente que fica. Gente que participa da beleza e se alegra por testemunhar o contentamento que exala no viço das flores e em cada novo broto que desponta para a vida. E, eu, sendo mais um na grandiosidade do dia, percebo-me sol, sinto-me luz e canto, danço, agradeço e deixo para trás o inverno da alma. Aqueço-me. Renovo minha esperança na alegria da primavera, sabendo que agora posso acolher as palavras do poema: “O que secou pode cair, fica o que Deus vai florir”.

27 comentários:

Dauri Batisti disse...

Não desistir
é o melhor jeito
de fazer da teimosia, flor.
Nem a dor, mem o medo
colocará o ponto final.
Antes o amarelo do flor
invadirá tudo
e determinará:
Luz, muita luz
pra quem quiser florir,
é tempo de acreditar.

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Amei o "fica o que Deus vai florir"! Você está mais do que certa!
Desculpa a ausência, é como disse, continua faltanbdo horas no meu dia...
Obrigada pela visita e pelas palavras sempre carinhosas...
Nosso café vai ter que virar água de coco... com o verão chegando rs
beijocas

Beatriz disse...

É a grandiosidade da vida se fazendo sentir no entusiasmo que por ela há de se ter.

Lindo texto, também uma bela imagem!

Te deixo uma estrela embalando o sorriso de um lindo anjo, para enfeitar o teu sonhar.

Um beijo no coração!

Opuntia disse...

A primavera é o recomeço. Que bom poder testemunhar e compartilhar o contentamento que exala das flores.

Bjo

Pipilo Cazuzete disse...

ei querida quero primeiro agradecer a visita e pedir desculpas pela demora em esponde-la. Como sempre a sensibilidade de suas palavras me tocaram profundamente. Lindo e oportuno seu texto estou feliz em tê-lo lido agora nesse momento que compartilho com vc esse sentir, o sentir-se sol, sentir-se luz. bjs...

Lunna Montez'zinny disse...

Adorei o trecho "Fica o que Deus vai florir!" Levo isso comigo. Desistir de forma alguma. Beijos meus e bom fim de semana...

mundo azul disse...

...sim! Florescer junto com a natureza...

A contemplação é uma forma de oração!


Que bela mensagem nas suas palavras!


Beijos de luz e o meu carinho...

CRIS disse...

Bonito de se ler. O medo na dose certa protege , não limita.Estou adorando nossas conversas, Jacinta. Nós e mais Dora, Aninha, Ery... a sala lá do sítio está ficando VIP rsrsr..

beijo e obrigada pela presença.

Layla Lauar disse...

Lindo demais... um texto poeticamente otimista tudo que eu precisava ler agora... adorei!

beijos querida

(você não vai mais querer trocar a roupa do seu blog? se quiser...já sabe..conte comigo)

beijos..um dia lindo e florido

Dora disse...

Viver já é quase um exercício de teimosia.E viver, na alegria, se renovando nos brotos das flores, é mais que admirável!
E colocar essa "resistência" em palavras ao vento( e que nós lemos...) é mais que demais de energia vital.
Siga assim...
Com minha admiração sempre.
E meu abraço apertado!
Dora

Camilla Tebet disse...

Que texto lindo. E se não é o caminhar da vida. renovar esperança, dar vida a novos desejos e acreditar... acreditar, não é? O que caiu, caiu.. o que ficou, ficou muito bem escrito.
Um beijo

Plinio Uhl disse...

há tempo de separar e tempo de juntar. há tempo de morrer e tempo de viver.

em tempos de colheita, é importante lembrar que haverá uma nova seara.

bjuz

Xavier disse...

ainda há
no porvir
silêncio bonito
vida apertada no sol
na lua derrubada com
a lança do nosso olhar

o olhar que salva alma
só ele

um carinho, Jacinta.

Tiago Soarez disse...

Como não gostar de um texto assim?!

Jacinta,

Hoje, sábado, estava aqui sem ter o que fazer. Abri o Google Reader para ver as atualizações dos blogs que gosto de visitar. Entre tantos posts, vejo o seu! Foi como perceber uma flor em meio a um campo, onde so ela se faz graça!

Foi muito bom passar por aqui!

Beijos.

Bossa Nova Café - textos, música e arte!

eder ribeiro disse...

florescer com deus é ser-se primavera, pois assim exalaremos bondades. bjos.

Clecia disse...

Oi, Jacinta! Lindo post exaltando a primavera!Amo esta estação, as flores,o clima! :) Bjos e bom domingo!

instantes e momentos disse...

bom voltar aqui,
Tenha um domingo feliz.
Maurizio.

Mary disse...

Viver acima de tudo.
Viver sempre.
O medo existé, naturalmente.
Mas a vida é uma aventura.
Se poupar pra que?
Beijos, querida.
;)

Pavón disse...

Jamais perdemos no jogo da vida, podemos deixar de arriscar e ficar com a sensação de perder, mas a vida nos ensina que podemos arriscar e vencer... ou será que para vencer é preciso ter perdido?
O que importa é que aquilo que cai seco, resnace verde e colorido...

Beijos

Zeca disse...

Jacinta,

tão lindo poema em forma de prosa, lido numa tarde chuvosa, me fez um bem danado! Lembrou-me que a chuva que acinzenta o dia de hoje é a mesma que alimenta a natureza, para nos dar todas as flores da primavera. As "que Deus vai florir."

Beijos.

CeciLia disse...

É isso mesmo. Só no tempo certo as folhas secas podem desgarrar-se de seus ramos. Só no tempo certo, o fruto cria sumo, a flor desabrocha, a vida ressurge. Só no tempo certo. Obrigada pela sua visita ao Lua. Gostei demais deste teu lugar aqui.

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi querida
Surpresa mais que agradável falar com você ontem...
É uma vida muito corrida essa a nossa!
Tenha uma ótima semana
beijos e luz

Beatriz disse...

No aguardo de nova postagem, passo e releio... na certa hão de florir mil rosas de paz, mil flores de amor, nesse teu coração já tão perfumado de bondade e esperança.

Uma semana de luz, meu anjo!

loba disse...

A simbologia da primavera e a sua sensibilidade se uniram para um belo texto. Que seu florir seja constante, moça!
Beijão

Celia Rodrigues disse...

Muitos povos antigos costumavam celebrar a chegada da primavera com grande alegria. Isso significava ter vencido os rigores da estação mais difícil - e põe difícil em certos lugares - e estar pronto a florescer e frutificar outra vez.
Belíssimo texto!
Abraço!

Adriano Caroso disse...

Belo texto Jacinta, por isso não me canso de lhe presentear. Passa lá no meu blog e pega p seu presente. Beijos!

Madalena Barranco disse...

Querida Jacinta, você tem o dom de hipnotizar esta sua admiradora em poucas palavras... Os brotinhos de galhos frágeis revelam-se flores maravilhosas.

Beijos meus e da turminha de criaturas fantásticas,
Madá