15.11.08

Acordou cedo, como havia planejado, tomou do suco de maçã misturado com alecrim e limão, escolheu a melhor roupa, os brincos e o batom... Dez centímetros a mais é o que ela vê, revelado, diante do espelho. _ Não se aflija por isso, diz a sua inquietação, já comecei a dieta. Sem pressa e com responsabilidade, conquisto o meu lugar no mundo. Olhou-se, mais uma vez no espelho, avaliou-se e sorriu.


... pronta para começar mais um dia e enfrentar, com coragem, o que veio na tempestade.

25 comentários:

John Doe disse...

Sou mais o tipo, medidas desesperadas quando acordo assim, chuto o balde viro tudo do avesso, me xingo no espelho pra ver se a imagem projetada revida de alguma maneira, e como isso nunca acontece, eu continuo com minhas medidas desesperadas e auto destrutivas... hehehe]

Mas sem perder o charme claçro hauahauahu

Mai disse...

Espelhos quebrados, dão belas bijouterias...
balanças quebradas, não servem prá nada.
Também, quando funcionam, irritam!!!
Beijos.

Eurico disse...

Feliz com a citação que vc colocou aqui. Aquela frase está em um romance que ando escrevendo há anos, cujo título provisório é "Bóstrix N'água - apontamentos esféricos".
Abraçamigo e fraterno.

Maria Augusta disse...

Vim aqui no teu cantinho buscar no teu universo carregar minhas baterias de poesia para iluminar meu domingo...e valeu a pena!
Um grande beijo e um lindo domingo para você.

Osvaldo disse...

Olá Jacinta;
E assim se enfrentam as tempestades de todos os dias...
É um retrato real, elevado ao feminismo, ou seja... a preocupação diária da mulher em mostrar suas capacidades, seus argumentos e reinvindicar o seu lugar neste mundo onde só quem se impõe é vencedor.
Assim comprendi sua crónica, aliás, lindissima. Será que acertei?!...
bjs

Recanto de Sonhos disse...

Jacinta,com essa coragem enfrenta-se tudo,inclusive qualquer tempestade,e se conquista um lugar no mundo.
Profundo o seu texto,belíssima a
imagem.
Que o seu domingo seja repleto de
momentos agradáveis.
Beijos.
Amarísio

JOICE WORM disse...

Nunca acordo de mau humor. Seria impossível. Se tenho algum problema, simplesmente não durmo! Hehe...
Saudades de ti, Jacinta. Um beijo muito grande nesta bochecha!!
Muac!

Claudinha disse...

Quer companhia? Pois bem, começar assim o dia é o correto. Espelhos nunca mostram tudo e o que os olhos refletem não aparece lá. Beijos!

LourdesLabuto disse...

Olá, amiga Jacinta: suas palavras postadas no blogger deveriam nortear muitas mulheres que deixam sua alto-estima ficar em baixa por apenas um nada. Beijão, LourdesLabuto

Eurico disse...

Esse diálogo estamos tendo faz sentido. A arte tem de esar a serviço da vida na Terra...se não ela própria não faz sentido.

Vinícius Aguiar disse...

Texto bem singelo, e muito significativo! Adoro quando poucas palavras dizem tanto... isso é o dom da poesia... muito bom mesmo, parabéns!

Alice disse...

mas depois de toda tempestade vem a bonança... e sempre é bom estar linda !!


bjusssss

João da Silva disse...

Texto forte vindo de uma alma forte.
Beijos carinhosos do João!

Kátia Campos disse...

Simples, forte, tocante...encontrei-me em suas breves -e profundas- palavras.
Bj

Jo Bittencourt disse...

Há dias q é preciso coragem...


Jacinta, beijoca!

Miguel disse...

Jacinta, é isso mesmo. Devemos estar prontos em cada amnhecer.
Te agradeço, mais uma vez, o comentário carinhoso lá no meu cantinho dxe rabiscos.

Aline Christall disse...

A tempestade vem forte, mas a imagem que se reflete no espelho é muito mais.

Bjos


P.S - Ensino sim como faz os comentários pelo Haloscan, mas podes me esperar pelo fim de semana ? Até posso te ensinar pelo MSN...

Everson Russo disse...

Que lindo despertar da poesia, adorei o pronta pra enfrentar o que veio na tempestade, seu blog é uma delicia, obrigado pela visitinha carinhosa, volte sempre, o Livro sempre terá paginas abertas aos amigos...beijos na alma e uma linda semana de paz...poesia....e amor.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Uma boa reflexão para começar minha semana. Não que precise de fazer dieta, mas remeti-me a uma dieta das palavras.
Obrigado pela visitaao Rochedo

loba disse...

É minha amiga, a sabedoria está em se amar todos os dias e viver um dia de cada vez. Só assim é possível vencer as limitações e, com certeza, caminhar sempre pra frente. Apesar das tempestades!
Queridinha, andei ausente, ne? Um tanto perdida, outro tanto me perdendo! rs... Mas tou de volta. E feliz em encontrar este seu texto que diz muito em poucas palavras!
Também gostei demais dos posts anteriores, em especial as suas boas vindas a Danilo! Belo texto, lindo bebê! Que ele seja sempre o mensageiro da alegria!
Beijos muitos, querida.

Jens disse...

Amar-se sempre e todos os dias: uma bela receita de bem viver.
um abraço.

Francisco Sobreira disse...

Leio, Jacinta, nos seus últimos dois textos, a sentida preocupação com o cotidiano de uma mulher em luta contra o peso e com a situação do meio-ambiente. Um beijo.

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Amiga querida
Fiquei encantada com o presente. Vindo de você tem valor inestimável! Obrigada, de coração...
Aqui eu tive que encarar foi a água da chuva que insistia em entrar pelo escritório adentro... seria cômico, não fosse trágico, eu, rodeada de água, com rodo, panos, insistindo em tirar água...
beijos e mais uma vez, obrigada

APPedrosa disse...

Centímetros a mais não podem abalar a auto-estima nem o amor próprio. Bola prá frente, mesmo embaixo da tempestade!

Guru Martins disse...

...para os dilemas,
bom humor e determinação.
para o texto, agilidade...

e pra voce um bj