14.3.09

Imagem: uol fotoblog


...de longe, observo seu arrebatamento no voo alucinado que faz do viver: revejo sentimentos, conceitos, padrões e faço a (re) leitura da palavra que diz:

"Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar para atravessar o rio da vida - ninguém, exceto tu, só tu. Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias. Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar. Onde leva? Não perguntes, segue-o".

Nietzsche

14 comentários:

Anônimo disse...

reflexão......

Thiago disse...

Nietzsche sabia das coisas...e é bem verdade isso, nada de ir contra e sim seguir o que nos espera.

EDER RIBEIRO disse...

Deixar-se levar assim não seria ir sem responsabilidade? Ou será que seríamos capaz de atravessar este caminho sozinho, ou se esta construção não seria a construção de uma solidão de nós mesmo? Bjos.

Dauri Batisti disse...

Linda citação. Nietzsche sempre me trás boas recordações. Valeu.

Beijo

ocasodoacaso disse...

Jacinta,
presentinho pra ti no Ocaso!
Bjsss

Francisco Sobreira disse...

Jacinta,
Quero me referir à sua postagem anterior, quando faz um curto e preciso conceito sobre o sol. Um beijo e uma excelente semana.

Crys disse...

Forte e impetuoso!
Nietzsche, nele há uma idéia de valores vitais. Tem na vida certas dimensões, como o prazer, por exemplo.

Bom domingo, querida,
Bjos!

Tatiana disse...

Ler a sua postagem... foi adquirir forças!

Obrigada!

...desejo uma semana rica em dádivas para o seu coração!

Um abraço carinhoso

Zeca disse...

Quando encontramos o nosso caminho, apenas nós poderemos seguí-lo, sem perguntas. Assim o viveremos em toda sua extensão.

Beijos.

Opuntia disse...

Nietzsche tem toda a razão. Podemos encontrar alguém para nos fazer companhia na travessia, mas a nossa ponte, só nós podemos construir.

Bjos

Jens disse...

Oi Jacinta.
Nada a acrescentar (Claro que não, pô! É F. Nietzsche). Nos momentos decisivos da nossa trajetória na vida, estamos sós, para o bem e para o mal. Há decisões impossíveis de transferir; a gente simplesmente as assume.
Um beijo.

Eurico disse...

Vate tecum? Vade mecum.
Ele tb nos disse isso, num ato de altruísmo intelectual que poucos possuem.
Feliz citação. Cabe em meu momento de vida.
Grato.
Abraço fraterno.

Cris disse...

Oi, linda,

Cada caminho é único e solitário.Mesmo que estejamos na companhia de outros.

Beijo, querida.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA JACINTA, UMA RELEXÃO QUE DÁ PARA O RESTO DA SEMANA AMIGA... ADOREI... UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE,
FERNANDINHA