20.3.09

...

E minha alma, sem luz nem tenda,
passa errante, na noite má,
à procura de quem me entenda
e de quem me consolará...

Cecília Meirelles

5 comentários:

Mai disse...

E que as noites más passem à margem de nós...
Que nossa alma errante siga navegante pelos mares e marés...

Bela citação, amiga.

Muito carinho,
Mai

Afonso disse...

Bonita citação. :)

Tatiana disse...

Que você encontre o que procura!

Tenha um belo final de semana!

Beijos

Cris disse...

Oi, querida...

Gosto de pensar num auto consolo tácito na companhia de quem vale a pena.

Te cuida.

Beijão.

EDER RIBEIRO disse...

e assim vamos todos nós, poetas. bjos.