29.1.10

BUSCANDO O MELHOR DE MIM



Meu Deus!

Que eu encontre
em mim
o abrigo que busco no outro
Que eu enxergue
com clareza
a luz de todos os dias
Que eu me sinta
merecedora
do bem estar que posso me proporcionar
Que eu aceite ser
hoje
a minha melhor companhia
...
Amando-me.

Amém.

JacintaDantas

15 comentários:

Dauri Batisti disse...

Teu mais belo texto, ou um dos melhores. Lindo e verdadeiro. P A R A B É N S !!!

Beijo

Friendlyone disse...

Realmente muito bonito e profundo. Já fui muitas vezes minha melhor e pior companhia. A gente acaba se conhecendo um pouco mais... Instaura-se um diálogo entre consciencia e carne...

Opuntia disse...

Linda esta oração dos solitários!

Bjos

Bordados e Retalhos disse...

Lindo. Adorei. Bjs

Olavo disse...

Realmente lindo texto.
sensibilidade demonstrada e ao mesmo tempo forte.
Beijos

Ilaine disse...

Uma linda prece.
Poesia e sensibilidade... tão própias de ti,Jacinta.
Abraço

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, amiga.
Linda oração para se começar o dia.
Obrigada e bom final de semana.
Beijo grande.

Mai disse...

Que assim seja, amiga.
Você me comove, Jacinta.
Nome de flor, olhos de rara beleza, palavras e extrema sabedoria. Obrigada, querida, pelas palavras, poesia e pelo mimo, também agradeço.
Beijos e bom final de semana!

Mai disse...

Jacinta, não sei qual foi a data em que editaste este post mas não atualizou em meu blogroll.
bjos

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Amém, minha amiga...
Amém!
beijo

VeraBasile disse...

Oi Jacinta!! Coincidência ou não...hj acordei pensando em escrever sobre a fé. Vejo no seu texto claramente a filosofia budista, mas vc começa com "meu Deus"...Deus ou Buda, não importa...a fé está justamente em acreditar em nós mesmos. Tarefa difícil!! Mas acredito ser o único caminho. Bjs

Amarísio Araújo disse...

Uma linda e doce prece sentida que revela a beleza da alma de quem a compôs.
Amém!

Um grande abraço,moça!
Saudades!

Eurico disse...

Sim, Jacinta,
é claro que sim. Se a gente não se ama, desiste de tudo. Pois como amar o outro sem se amar?
O maor, segundo Jesus, é via de mão dupla, em direção ao outro e a si mesmo.


O amor cura!

Mas o equilíbrio entre as duas frases crísticas: ama ao teu próximo/ama a ti mesmo... esse equilíbrio chama-se amor ágape, o amor de D'us, que é nossa meta...


Flores e beijos!

Luis Eustáquio Soares disse...

amando-te com flores, semeando alteridades, visto que o "te" de amando-te, que é o seu "me", é todo se, que é todo nos, que é todo vos, que são todos os oblíquos pronomes da primeira à indefinida pessoa dos cursos dos discursos, cacheira.
beijos
saudações,
luis de la mancha

Francisco Sobreira disse...

Jacinta,
Posso ter feito uma leitura errada do seu poema, mas ele me lembrou aquela conhecidíssima oração de São Francisco de Assis. Um abraço.

P.S. Quando você for comentar no meu blogue, sugiro que o faça no local onde está escrito "Comentários blogger", no lado direito de quem acessa a página. E não mais no lado esquerdo, como você sempre fez. É que aquela opção de comentários é do sistema Haloscan, que segundo fui informado, passará a cobrar os comentários feitos ali, sob pena de estes, depois de escritos, desaparecerem. Que absurdo, não?