20.6.10


O DIÁLOGO QUE SE FAZ ENCONTRO


Quero seguir, falar, ouvir. Preciso me realimentar e recarregar as forças. Tenho que sair do espaço de tanto barulho e encontrar as condições que me facilitem o diálogo que tanto anseio. Então, continuo subindo e percebendo que para usufruir das maravilhas, o caminhar exige, de mim, uma nova postura. Para receber o que procuro, preciso dizer, de forma clara, o que quero.

No corpo cansado, habito um ser rígido, sofrido, cabisbaixo... murcho.Tantas vezes, por medo, a fala ficou presa em minha garganta; Tantas vezes, por impaciência, deixei minha voz abortar a fala que merecia ser ouvida. Mas o universo conspira e exige: para atingir o topo, é preciso leveza e altivez. E sigo.

Do alto, grito que meu desejo é oxigenar os pensamentos confusos. Do alto, grito que preciso e quero leveza nos pulmões... inspirar...expirar...viver. Do alto, sinto o ar gelado suavizando as vias aéreas, atravessando minhas roupas, penetrando-me pelos poros e dando-me novo ritmo no olhar para a vida. E me sinto ar.
...
Afastar-me, nesse momento, foi bom. Na montanha, com a visão que ela me proporciona – verde-água-verde-azul-mata-água-vida – estabeleço o diálogo primordial para me (re) equilibrar no corpo e na alma...e me reencontrar. Agora, preciso voltar, e, com mais esse sopro de vida que recebo, continuar, na convivência diária, restabelecendo com o outro, o diálogo que, também, se faz encontro, cuidado, toque, sorriso...



(Texto modificado do original já publicado aqui)


JacintaDantas

9 comentários:

orvalho do ceu disse...

Oi, querida
Espero que hoje, ao participar da nossa BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL ECUMÊNCIA, vc faça a experiência de Emaús... quando os dois discípulos dialogaram com o Mestre e Senhor.
Vamos acompanhar os seguidores dessa Coletiva e nos enriquecermos mutuamente?
SEJA FELIZ E ABENÇOADA!
BJS E SERENIDADE SEJA A MARCA DO SEU DIÁLOGO SEMPRE.
Boa vitória do nosso querido Brasil pra nós!

007BONDeblog disse...

Boa noite

Chego até seu blog, por estar acompanhando a Blogagem coletiva do Espiritual_idade, e divulgando postagens e reproduzindo parte delas, além de divulgar o link em;

ConeXãoBlogs
http;//007conexaoblogs.blogspot.com/

Convido para que visite. Estou passando a seguir seu blog.

Um abraço

Deia disse...

Nossa, Jacinta, que lindo esse seu texto. É primordialmente uma busca pela harmonia interna, para depois buscar um entendimento balanceado com o outro - entendi direito? Um super beijo, Deia.

Soninha disse...

Olá, Jacinta!

Lindo texto!
Nossa busca incessante do equilibrio, sa sobriedade, da felicidade.
Este reencontro consigo, com certeza, a fará encontrar a harmonia e a paz.
Parabéns!
Agradeço pela visita, lá no Roda.
Valeu!
Excelente semana. Bom trabalho.
Muita paz! Beijosssssss

Barbie Girl disse...

Olá

Bela participação! Lindo o post e emocionante...

beijos e boa semana!!

Francisco Sobreira disse...

Não me lembro, Jacinta, de ter lido esse texto. Talvez na época em que você o publicou, eu nem frequentasse o seu blogue. Me pareceu, posso estar enganado, que há nele, um contraste entre o interior da pessoa e o mundo exterior, este prevalecendo sobre o outro e modificando o estado de espírito do ser. Um abraço.

Miguel S. G. Chammas disse...

Lindissimo este btexto. Amiga, você sempre se superando.
É muito bom te ler assim inspirada.

Jens disse...

E assim, através do autoconhecimento, se dá o reencontro.

Beijo, Jacinta.

Bordados e Retalhos disse...

Lindo demais! O diálogo que sempre nos permitiu caminhar está agora imortalizado nas suas palavras. Bjs