6.3.11

BRINCANDO COM AS PALAVRAS




Caminhando na trilha escorregadia, a menina serelepe não pensava em outra coisa senão no cumprimento da façanha que prometera: calculou bem o comprimento que a separava do seu obstáculo e concluiu. A cerca estava acerca de cem metros e ela, sem medo, correu. Saltou o obstáculo, foi ao encontro do pai e deu com o  de encontro à pedra. Doeu, mas Clara fingiu não sentir. Sapeca, sem perder a pose, com a boca e as maçãs lambuzadas de mangasapecou o rosto na manga de camisa do papai, que para brincar na clara água do lago, deixou o cestocom as maçãs e jabuticabas aos cuidados de Jana. Jana, moça cor de jambo e olhos de jabuticaba, com seu sexto sentido, escutou, no desejo de Clara, a vontade de levar para a casa o lindo cachorro que aparecera, sabe-se lá de onde, naquele cenário de descontração. Na brincadeira animada, o amigo de papai, alheio à cumplicidade de olhares, perguntou à sapeca Clarinha: Minha flor, você já tem namorado? E Clarinha que acabara de fazer 08 anos, sem olhar para o seu interlocutor, não titubeou na resposta, e disse: Não. Namorado não, eu estou procurando o cachorro.


(Um joguinho feito em 2008. Só para relembrar)


JacintaDantas

9 comentários:

miguel disse...

Lindo texto, bela crônica. As crianças são maravilhosas em seus diálogos, pena que crescem rápido demais, logo mais estão casando e assumindo o volante de suas vidas, e muitas vezes sentimos que não fizemos tudo por elas, não compramos todos os sorvetes, não fizemos todos os passeios, e tampouco ficamos horas apreciando seu sorriso enquanto dormiam. Meu beijo minha cara.

Eurico disse...

Bela aventura.
Mas... cachorrinho dá um trabalho.
Cá temos um labrador chamado Spike. Pense num danadinho pra dar trabalho rsrsrs

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
É muito mais do que um passatempo... muito bom o seu texto!!!
Estou oferecendo um Retiro Espiritual,em meu Blog, até Terça... é tempo de reflexão!!!
Seja muito feliz e abençoada!!!
Bjs de paz

Canto da Boca disse...

Bem articulado o texto, além de brincar gostosamente com vocábulos parecidos, mas com significados distintos. Mostra-nos nao apenas a riqueza da língua portuguesa, como também a tua verve criatividade.

Beijo!

Paula Barros disse...

Jacinta, muito interessante, inteligente, criativo, divertido, gostoso, adorei.

Um jogo divertido de brincar com as palavras.

beijo

Jens disse...

Jacinta brincando com as palavras. Lindo. Como se fora brincadeira de roda.

Beijo.

Cecília disse...

Belo post! Adorei a brincadeira!!!
Tenha um lindo dia!

Beijinhos...

miguel disse...

Minha cara Jacinta, passando pra deixar um abraço. Logo mais estaremos voltando. Saúde querida.

Ilaine disse...

As palavras são brinquedos em tuas mãos... Quando as tocas, algo muito bonito crias, assim como este texto. Saudades! Beijo