30.10.08

Cantar, quase sempre, nos faz recordar
Sem querer
Um beijo, um sorriso, ou uma outra ventura qualquer

(trecho da música Cantar)
Paulinho Pedra Azul
Composição: Godofredo Guedes

16 comentários:

JOICE WORM disse...

Adoro cantar. Mesmo que não tenha voz para isso, chegam aos meus ouvidos a melodia do meu desejo.
Beijos, linda!

Oliver Pickwick disse...

Por isso o canto é venturoso.
Um beijo!

P.S.: Assisti um show deste cantor/compositor há uns dez anos, aqui em Salvador. Excelente artistas, é uma pena que a grande mídia o mantenha à margem.

CRIS disse...

Também canto (ai,ai, será que posso dizer isso pelas sextas no karaokê?rsrsr). Cantar é a alma sorrindo , é a mensagem que sabemos de cor, porisso fechamos os olhos.

Bom fim de semana, lindinha.

Adriano Caroso disse...

Minha amiga, agora vc me deixou emocionado e com lágrimas nos olhos. Muito obrigado mesmo de todo o coração.
Beijos!
P.S. Esta música que vc transcreveu uma parte, lindíssima por sinal, teve uma de suas gravações com Paulinho Pedra Azul mas é de autoria de Godofredo Guedes, o finado pai de Beto Guedes. Vale dar o registro da verdadeira autoria.
Mais beijos!

Jacinta Dantas disse...

Hummmmmmm, Adriano, é a minha mania de olhar só para a voz que escuto e esquecer de verificar o autor.
Obrigada. Vou dar o crédito. Certo?
Beijo

Tatiana disse...

Eu adoro essa canção...e tantas outras que na voz do Paulinho encantam o meu coração!

Essa música marcou uma história...

Bela recordação trouxestes ao meu coração!

Dia de inúmeras dádivas para você!

Beijos

Germano Xavier disse...

Sim, acredito no poder do canto que temos. Ou melhor, no poder de nossas sinfonias.

Um carinho, Jacinta.
Continuemos...

Elcio Tuiribepi disse...

Quanto a sua pergunta sobre as imagens, infelizmente não são minhas...rsss
Pois gosto muito delas e as escolho a dedo para tentar passar nas imagens um pouco do que tem no poema. Eu adoro fotografar, já até postei umas fotos, mas falta talento...rssss
Quanto ao trecho da música...ahhh...música tbm é minha paixão, agora ando escrevendo com o violão na mão, coitapo dele, sofre um bocado e vive desafinando...Um abraço...bom fim de semana para você.

nuvem disse...

Quem canta, seus males espanta!

Passei para deixar um beijo :)

loba disse...

Jacinta! Sabe que tou aqui faz um bom tempo olhando e sentindo o seu carinho e me sentindo maravilhada com suas palavras? Que delicia de surpresa, menina! E em que hora boa ela veio!
Mas vou falar disso no meu blog! E vou levar seu carinho, viu?
Um beijo querida. E que o amor seja nossa companhia sempre!
ai ai ai.. tou tão feliz! rs.. Obrigada, viu?

Dora disse...

É uma constatação bem direta: cantar tem esse poder de evocação...Já nem pergunto a razão. E sigo cantando e comprovando a delícia que é...
Beijos, querida Jacinta!
Dora

Vivian disse...

...olá linda!

é um prazer tê-la por perto
apreciando minhas divagações...rs

saiba que será sempre bem vinda
lá em casa...

e quanto a seu post...
quem é que alguma vez
que seja, não cantou
debaixo do chuveiro?

rss

eu amo fazer isso...
o sabonete dança
junto com a música..rss

muahhhhh

Alice disse...

... e como nos faz recordar !! postei algo semelhante a isso !!


bjkassssssssssssss

Flor ♥ disse...

Beijos, amiga... que linda citação!

Renato Couto disse...

"Quem tem a viola, pra se acompanhar, não vive sózinho..."
Ah! Quantas alegrias me deu a cantoria...Só de ler, eu fiquei aqui a digavar...

APPedrosa disse...

A música às vezes me faz lembrar até do que podia ter sido. Beijos