7.3.09

PAZ INQUIETA

O portão não será aberto na madrugada;
as coisas estão no seu devido lugar;
o sono profundo restaura as energias tantas vezes consumidas em intermináveis confrontos.
...
Sabia que você ocupava todos os espaços e me sufocava com sua presença. Mas agora!!!! A casa está grande demais, os móveis estão grandes demais, os espaços vazios no peito.

Com essa paz inquieta, continuo olhando para o portão.

15 comentários:

Alice disse...

posso mesmo vislumbrar seus olhos na direção desse portão !



bjusss

Jens disse...

Oi Jacinta: que solidão expectante. Me deixou com falta de ar. Tomara que o portão se abra.
Um beijo e um abraço prenhes de carinho especial pelo Dia da Mulher. Inté.

Ana Lúcia. disse...

Jajá!
O portão é apenas algo físico, aparentemente instrasnponível, mas a alma cheia de beleza, está em todos os lugares, e não precisa abrir nem fechar "portões"!!
Acalme-se!
Tranquilize-se!
Tudo está bem!
Ele tudo vê...
Beijãozinho e abração apertadinho!!

renata disse...

Olá querida Jacinta, que alegria receber sua visita no Letra e Fel! Obrigada pelo carinho de sempre e muitas flores pra você nesse dia tão especial!!!
beijos
re

Dora disse...

Jacinta! Ou Jajá! Que as coisas voltem a ficar nos devidos lugares e brilhem aos seus olhos, trazendo a paz, que você merece.
Parabéns pelo seu dia, hoje.
Abraço apertado nessa enorme Mulher que você é!
Dora

Zeca disse...

Jajá,

impossível passar sem ler! Essa paz intranquila, aos poucos irá trocando de lugar com a paz, simplesmente paz!

Hoje estou passando apenas para desejar-lhe
paz, luz, saúde, alegrias, esperança!
Não apenas hoje, mas em todos os dias da sua vida.

Feliz Dia Internacional da Mulher!

Beijos, com carinho.

Amarísio Araújo disse...

É Jacinta,como disse a Cecília Meireles,"Entre mim e mim,há vastidões bastantes para a navegação dos meus desejos afligidos(...)".
Você sempre me emociona com os seus versos sentidos.E me emciona com as suas visitas também.
A você,mulher de beleza plena,o meu carinho,a minha reverência e o meu apreço sempre,hoje em especial.
Beijos carinhosos

Sarah Vervloet. disse...

Como diz uma música que vagamente posso lembrar: a porta está aberta, caso você queira voltar. Algo assim.

Parabéns pelo nosso dia.

loba disse...

Portões não são barreiras. Tanto podem abrir pra uma saída qto para uma entrada!
Que a inquietude desta paz seja apenas o brotar de novas flores, querida.
Um grande beijo e viva a Vida! rs

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Jacinta, obrigado pelas imagens...qualquer hora mudo tudo por lá, troco os móveis, refaço a pintura e coloco o novo titulo...brigadim...parabéns pelo dia de hoje e por todos que ainda virão...um abraço na alma

Mai disse...

Te deixar um abraço carinhoso e dizer que adoro esse tom da tua escrita.

Um tom diferente de quando eu te conheci.

jacinta, me parece que usufruimos dos fragmentos de paz a cada momento,mesmo.

Gostei muito,

Beijos,
Mai

Osvaldo disse...

Oi, Jacinta;
Que esse portão se abra para que as flores de canteiro desabrochem e a porta da casa deixe passar quem ocupará esses espaços vazios demais.

bjs
Osvaldo

Francisco Sobreira disse...

Cara Jacinta,
Como é do seu feitio, em poucas palavras você consegue transmitir-nos o necessário. O amor (ou a paixão) que aquela mulher tem por aquele homem, que a sufoca com a sua presença, mas, quando se ausenta, a paz que ela poderia ter é uma "paz inquieta", que reclama a volta dele. Um beijo.

paula barros disse...

Hummm! Me fez pensar.

Enquanto estiver olhando o portão a paz será inquieta. O bom será quando puder abrir o portão, e conseguir ir e voltar.

abraços

Cris disse...

Aquí encontro alimento. Para minhas dores afins, principalmente.

Beijo, menina.