9.3.09



Sentimentos assustam. Sentir é perigoso, doloroso, gostoso: nem bom nem mau – são sentimentos – tudo misturado, então, torna-se ainda mais complicado. Gosto de pensar que, entendendo o que acontece, posso ter o controle de situações nas quais me vejo enredada. O que virá precisa e deve ficar na esfera do não acontecido, mas o sentir além do visível antecipa dores que ninguém enxerga... quimeras sentidas no sentir de sentidos sem sentido. Confusa, sigo, vivendo e convivendo com inúmeras interrogações nesse mundo em que o mal dito pretende se sobrepor ao bendito (perdão, compaixão, bem querer, Amor). Confusa, a certeza: o que alcanço não alivia o sentir. Entendendo não sinto ou fujo para não sentir? Confundo-me.

18 comentários:

ocasodoacaso disse...

Tudo na vida é pautado em sentimentos. É o sentir que nos move, envolve, norteia. Sentir é isso, algo sem explicação! Indissociável ao viver!

Crys disse...

São os sentimentos verdadeiros que nos levam às emoções. Justificam atitudes, que nos levam ao mundo de paz e/ou de dor!
No entanto nos cabe a pior parte: aprender a equilibrar e controlar.
Beijos, querida!

Jens disse...

Oi Jacinta>
São as emoções, os sentimentos, que nos fazem humanos. Alguns, como você, demasiadamente humanos. Pressinto que, como o poeta, você é toda coração, o que torna ainda mais ardente, o já complicado ato de viver. Questione-se sempre. A resposta virá. Em forma de flores, amores e quereres é o que desejo para ti.
Beijo.

Beti Timm disse...

Minha doce amiga, vim aqui pegar uma flor, pedir imensas desculpas pela minha ausência, mas é que minha net está terrível, leva 5 min pra chegar a um blog e mais 3 para abrir a caixa de comentários. Mas principalmente estou aqui para agradecer teu carinho, lá no meu blog, no Zeca,e em outros que encontrei teu carinho por mim. Te gosto muito e mesmo não estando sempre presente, jamais esqueço da menina-mulher de olhos lindos.

Obrigada e beijos no seu coração.

Tatiana disse...

Oi...
hoje estou passando no blog dos amigos apenas para informar que estarei um tempo ausente.
A vida anda exigindo demais de mim no momento e está difícil conciliar tudo.
Espero que seja uma breve pausa.

Até a volta!

Um abraço carinhoso

mundo azul disse...

__________________________________

Seres humanos são mesmo complicados... Por isso mesmo, são tão interessantes!

Beijos de luz e o meu carinho...

__________________________________

Beatriz disse...

Existem fases na vida em que os sentimentos se tumultuam de tal forma que ficamos sem saber se devemos levá-los a um patamar de raciocínio ou se passamos a senti-los só no coração. E nesta confusão de ideias é que nos sentimos perdidos (rs).

Teu texto lembrou-me a Clarice Lispector, a quem tanto aprecio.

Li outros textos teus e fiquei pensando em como dominas bem as palavras e a maneira fácil com que transitas no mundo da poesia. Dá gosto ler o que tu escreves!

Fica meu beijo aconchegado numa rosa azul, no teu coração!

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Jacinta!

O que importa é manter os referenciais para não sair da órbita.

Um beijo com carinho!!

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Jacinta!

Voltei para falar que gostei muito da foto.

Outro beijo com carinho!!!

adelaide amorim disse...

Sensibilidade, capacidade de se emocionar é que faz alguém poder ser chamado de gente. um grande beijo!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

paula barros disse...

Você escreveu o que tenho pensando mais esses dias. O sentir, o não entender, o querer entender na ilusão que posso controlar.

E fico confusa também.

Mas o bom é tentar nos manter centrada em nós.

abraços

Soninha disse...

Olá, Jacinta...o olhar mais enigmático e bonito da blogsfera!
Agradeço imensamente por sua visita lá no Roda de Prosa.

Já disseram: "Penso, logo, existo."
Eu acrescento: Sinto, logo, vivo.
Sejam quais forem os sentimentos, é sinal de vida em nós e temos de aprender a lidar com eles.
O amor é o maior deles....abrange a todos os outros sentimentos bons, agregados às virtudes.
A amizade é maravilhosa...nos faz sentir inseridos, queridos, respeitados.
Lindo o seu texto!

Muita paz! Beijosssssssss

[ rod ] disse...

Confuso ou não... o sentir é mais do que necessário... é para mim uma religião.

Bjs moça e saudades de ti,







Novo Dogma:
reiNo...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Eurico disse...

Vim te deixar um beijo. Ainda meio baqueado, virose dificil, mas fica com Deus, amiga do nome de flor.

tossan disse...

Acontece com todos nós, somos humanos e queremos viver sem medo. Bj

Cris disse...

Voce entende, sente e não foje. Voce é.

Beijo grande

renata disse...

Olá querida Jacinta
gostei da mudança na cara do blog
e verdade os sentimentos assustam, são como rios que podem nos carregar e afogar,mas sem eles quem seriamos?
bjs
re