27.5.09

NOVOS SONHOS

Guardados, num tempo distante, estão os sonhos glamorosos de uma vida mutante. No palco possível, misturada ao coro, sua voz sobressaía – na aclamação de aleluias – nas manhãs dominicais em espaço sagrado. Chegaria o tempo de grandes apresentações, em diversas cidades, com suas músicas tocando em todas as rádios, programas de TV...

Lembranças revividas no quintal, à sombra da generosa mangueira, testemunha e cúmplice dos planos imaginados por aquele duo – soprano e tenor, menina comportada e o jovem "Black Power", com seus óculos escuros e seu violão. É, o tempo segue. O caminhar dos amigos que se fez em caminhos distintos, agora se encontra, e, de novo...

Não, não. Não há música na conversa. Por causa da disfonia, ele parou de cantar. Pensou que logo voltaria, pois já havia ficado rouco outras vezes, mas...esperou, esperou, e, levou um choque.

_estou com aquele mau – disse-me, depois de me contar que procurou ajuda médica para retirar a espinha de peixe que ficara na garganta.

Após minuciosos exames, o que parecia apenas um desconforto é, na verdade, o mau que ele não admite pronunciar seu nome. A quimio, como ele diz, já levou boa parte de sua cabeleira crespa. E os sonhos? ah! esses continuam. Sonhamos novos sonhos, com um jeito diferente de sonhar, mas, sempre, sonhos.

19 comentários:

Ana Lúcia. disse...

JáJá! Querida!!
Sonhos
podem
e devem
ser temperos maravilhosos
para adaptar o sabor da vida
ao paladar do insperado!
Sonhos e realidades
fatos e ilusões
doses que seduzem o coração que VIVE!!
beijãozinho, abração apertadinho.

Ana Lúcia. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
EDER RIBEIRO disse...

É o que não se deve perder, a esperança, o sonho. Beijos.

Beti Timm disse...

Jacinta, velhos sonhos vão e novos vem, com um sabor de vida e de força, como um revigorante potente. Sonhar é viver!

Beijos

Jens disse...

Oi Jacinta.
Sonhar faz é bom. Transformar os sonhos em realidade, se preciso adaptando-os às nossas circunstâncias, é melhor ainda. O importante, sobretudo, é não desistir. Jamais.
Um beijo bom.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA JACINTA, DOREI O TEU MAGNÍFICO TEXTO... LINDO!!!
ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Mai disse...

Oi, querida,
lendo este teu texto recordei signos de minha adolescência - cabelos black power...
Ai reli teu texto e lembrei do mito bíblico de que a força de Sansão estava em seus cabelos...

Quando pensamos na palavra 'quimio' lembramo-nos da força necessária para VENCER e ARRANCAR DE DENTRO DA ALMA A VONTADE DE VIVER... CONTINUAR VIVO...

Ai, o que consigo dizer-te é que não importa se a tal 'quimio' abala a raiz dos cabelos. O QUE IMPORTA É QUE SAIBAMOS QUE

NÃO SOMOS, APENAS, UMA CABELEIRA DE BELOS E FARTOS CABELOS CRESPOS OU NÃO.
Somos mais, muito mais... E certamente se somos mais, a nossa coragem também ali não estaria.
ONDE ESTA A RAIZ DE NOSSA CORAGEM?
ONDE ESTARIA A CORAGEM NECESSÁRIA PARA VENCER?
ONDE ESARIA A CONDIÇÃO NECESSÁRIA PARA SEGUIR VIVENDO?

Olha, amiga, vez que outra eu ando me emocionando por aqui.
Agora não foi diferente.
Belíssimo texto.

Você é especial.
Carinho,
Mai

Loba disse...

Como sempre, um texto cheio de significados! E o final, que mais paree princípio - está perfeito: a idéia de que tudo é possível quando sonhamos. E acreditamos nos sonhos!
Beijo, queridinha!

Opuntia disse...

O importante é nunca deixar de sonhar.

Bjos

Alberto Marques disse...

Sonhar é projetar o concretizar no amanhã.

Claudinha ੴ disse...

Jacinta... Que forte!
Seja forte também. Olha, as estatísticas são apenas pra nos assustar. Eu tinha 1% de chance de sobreviver a um avc e a uma cirurgia cerebral (e ainda com sequelas). Veja você... Estou aqui vivinha e sem sequelas (a não ser as da alma)...
Mistério...
Força, cabelos voltam a crescer e as músicas, se não novamente entoadas, podem voltar pelas canções dos corações!
Beijos!
* Estou com um cunhado nas mesmas condições, sei que não é fácil!

Eugênio C. Brito disse...

Lindo Blog.Cores bem distribuidas nas imagens e simplicidade do plano de fundo.Isso enriqueceu muito o que vemos aqui.Menos é mais,as vezes.O Menos da Casca,foi o mais no doce do conteúdo que você escreve.Parabénz!
Voltarei mais vezes.Bisita meu espaço também...

Gênio

Francisco Sobreira disse...

Pois é, Jacinta, se o sonho de se tornar um grande cantor, com prestígio e fama, não se realizou por causa de um mal terrível, outros sonhos irão alimentar o seu amigo e ele poderá, vencida a enfermidade, continuar a viver. Um beijo.

Ana Lúcia. disse...

Jajá...
Toc-toc-toc... tem gente em casa... Vamos renovar???
Beijãozinho.

Jacinta Correia disse...

A capacidade de sonhar é o verdadeiro milagre da vida. Um bj e boas músicas, ainda que diferentes.

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ AMIGA, VOTOS DE UMA BOA SEMANA...ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Ruberto Palazo disse...

Que os sonhos nunca morram, sempre se renovem...

Beijos

Paulo Vilmar disse...

Jacinta!
OS sonhos são a mola mestra dos nossos passos!
Beijos!

Michel Alberton disse...

Nunca deivemos nos deixar ser frustrados, e nunca desistir daquilo que mais queremos, pois é isto nos faz continuar caminhando em nossos caminhos, por mais obscuros que sejam
visite o meu blog talvez vc entenderá muito sobre os caminhos que tomo: http://28th-street-sjb.blogspot.com