23.10.09


Nenhum homem é uma ilha, sozinho em si mesmo; cada homem é parte do continente, parte do todo; [...] a morte de qualquer homem me diminui, porque eu sou parte da humanidade; e por isso, nunca procure saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti.

John Donne

7 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA JACINTA, BELO TEXTO... ADOREI AMIGA...!
VOTOS DE UM BOM FIM DE SEMANA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA.,,,
FERNANDINHA

Alice disse...

é isso aí !


bjussssssssssss

Jens disse...

É isso aí, Jacinta. O mundo proíbe os anacoretas.

Um beijo.

Analuka disse...

Somos partículas, grãos, sementes, poeira, fagulhas... partes deste imenso, complexo e misterioso universo!... Ao proteger, amar e preservar cada vivente, estamos valorizando a própria existência. Abraços alados azuis!

A Magia da Noite disse...

somos um complexo e intrincado sistema de relacionamentos em que o primeiro e o último fazem parte do mesmo pedaço de criação.

Mai disse...

É amiga, somos ilhas de um imenso continente mas precisamos ser jardineiros deste pequeno pedacinho de terra cercado de água por todos os lados.
Beijos, amiga, fica bem.

renata disse...

Olá ciberamiga querida, saudades de você... seu blog continua esbanjando sensibilidade!
OLha, os estudiosos dizem que o gozo da modernidade são as ilhas, e é dificil lutar contra esta força de dispersão!!! mas a gente luta e se aproxima e se junta e se escuta e torca informação
eis a verdadeira força
abraços
renata