30.5.13

VIVA!





E a vida, em mim, vai se fazendo em ondas. Ondas que me levam prá cima, prá baixo, pro centro – pro centro? – de um lado para o outro... sempre se fazendo, tornando-se e me tornando quem sou. Da angústia do ninho vazio à plenitude do útero, fotografo impressões percebendo o medo na escuridão, mas, apesar do medo, atravesso. Atravessando, brindo à vida, amando-amando-amando. Amando, adentro a noite, embora ainda haja medo. Contudo, faço festa e empresto minha voz no ritual de renovação na vida outro.

Viva, (re) vivo a contradição de sentimentos, vivências e expectativas. E "numa gota que nem dá um segundo", percebo que maio vai se despedindo e cedendo lugar ao Mês que nos avisa que 2013 já está quase, quase pela metade. Que Bom! vivo essa metade por inteiro, todos os dias, pois viver é isso. Acolher o dia e tudo o que nele nos traz de Dom no viver. VIVA!


JacintaDantas

8 comentários:

Dauri Batisti disse...

Bom ver este VIVA! aqui no florescer. Lindo-doído-vivido texto.

Abraço, saudades.

Canto da Boca disse...

Viva! Mais do que uma exclamação é uma decisão, uma vontade, apesar dos medos, das vicissitudes, das surpresas e do desconhecido que é a vida. Viva! Vivamos!

Beijos e saudades!

;))

APPedrosa disse...

A vida vem em ondas...que saibamos aproveitá-las. beijo grande.

Claudinha ੴ disse...

Olá Jacinta!
Fico feliz que esteja voltando, mesmo que lentamente...
Mas é assim que devemos andar, um passo de cada vez, a velocidade deles é imposta pelo nosso ritmo interno.
Eu sei o que são fases de ninho vazio e de chegadas. Crescer dói, não é?
Beijos!

vieira calado disse...

Que bom!
Chegou o Verão!
Beijinho para si!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Jacinta
Post novo e felicidade no ar... Maravilha!!!
Como tem passado voando tudo... até a vida... então, vamos viver!!!
Ótimo fim de semana!!!
Seja abençoada e feliz!!!
Bjm de paz e bem

Tetê disse...

Oi Jacinta! Cheguei através da homenagem que a Rosélia fez à você. Seu blog é um encanto, seus escritos são de grande sensibilidade! A vida é bem assim mesmo: ondas que vem e vão. Tem horas que me sinto frágil como um barquinho... mas nessas horas eu me lembro que tenho uma âncora - a fé, e um barqueiro sempre pronto a me acudir - Jesus! E assim sigo enfrentando as ondas da vida! Bjks e que esse novo semestre seja repleto de bençãos! Tetê - Manancial

Benno disse...

num mundo digital, as coisas são ou não são e vivem aos saltos, como os peixes que pululam nas ondas do mar. a metade de um ano, arredonda-se para ano inteiro, e o que ontem era um ano mal começado, agora já está em pleno fim.